quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

manuscritos do Mar Morto

  • Luis Antonio Ricardo Candeias shared Templo Cultural Delfos's photo.
    MANUSCRITOS DO MAR MORTO DISPONÍVEIS NA INTERNET

Mais de seis décadas depois da descoberta dos Manuscritos do Mar Morto - e milhares de anos após terem sido escritos - Israel completou a disponibilização on-line das cinco mil imagens dos mais antigos textos bíblicos conhecidos. A livraria digital agora está completa, com o Livro do Deuteronômio, que inclui a lista dos Dez Mandamentos, e um trecho do primeiro capítulo do Gênesis, datado do primeiro século d. C.. 
O objetivo é democratizar o acesso aos textos religiosos, antes disponíveis apenas para poucos especialistas. - Apenas cinco pessoas em todo o mundo são autorizadas a manusear os manuscritos - afirmou o responsável pelo patrimônio histórico de Israel, Shuka Dorfman. - Agora, todo mundo vai poder tocar os manuscritos na tela.
Os textos podem ser acessados em www.deadseascrolls.org.il 

Os textos são considerados a descoberta arqueológica mais importante do século XX. Acredita-se que tenham sido escritos e guardados pelos essênios, uma seita judaica, nas cavernas de Qumran, às margens do Mar Morto, há 2 mil anos. As milhares de folhas de pergaminho, escritas em hebraico e aramaico, são consideradas essenciais para a compreensão do judaísmo e das origens do cristianismo. Textos dos manuscritos aparecem de forma praticamente idêntica na Bíblia, escrita 500 anos depois, e ajudam a entender o ambiente em que Jesus viveu, revelando informações sobre os judeus daqueles tempos.

Imagem: Excerto de um dos pergaminhos do Livro de Isaías 

Vídeo dos Manuscritos do Mar Morto: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=5rYj_0foJYA

Fonte: Agência Brasil/EBC e publico.pt
___
Conheça o nosso Blog: http://www.elfikurten.com.br
    MANUSCRITOS DO MAR MORTO DISPONÍVEIS NA INTERNET

    Mais de seis décadas depois da descoberta dos Manuscritos do Mar Morto - e milhares de anos após terem sido escritos - Israel completou a disponibilização on-line das cinco mil imagens dos mais antigos textos bíblicos conhecidos. A livraria digital agora está completa, com o Livro do Deuteronômio, que inclui a lista dos Dez Mandamentos, e um trecho do primeiro capítulo do Gênesis, datado do primeiro século d. C..
    O objetivo é democratizar o acesso aos textos religiosos, antes disponíveis apenas para poucos especialistas. - Apenas cinco pessoas em todo o mundo são autorizadas a manusear os manuscritos - afirmou o responsável pelo patrimônio histórico de Israel, Shuka Dorfman. - Agora, todo mundo vai poder tocar os manuscritos na tela.
    Os textos podem ser acessados em www.deadseascrolls.org.il

    Os textos são considerados a descoberta arqueológica mais importante do século XX. Acredita-se que tenham sido escritos e guardados pelos essênios, uma seita judaica, nas cavernas de Qumran, às margens do Mar Morto, há 2 mil anos. As milhares de folhas de pergaminho, escritas em hebraico e aramaico, são consideradas essenciais para a compreensão do judaísmo e das origens do cristianismo. Textos dos manuscritos aparecem de forma praticamente idêntica na Bíblia, escrita 500 anos depois, e ajudam a entender o ambiente em que Jesus viveu, revelando informações sobre os judeus daqueles tempos.

    Imagem: Excerto de um dos pergaminhos do Livro de Isaías

    Vídeo dos Manuscritos do Mar Morto: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=5rYj_0foJYA

    Fonte: Agência Brasil/EBC e publico.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário