quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

mais professores para Timor


Crise não impede Portugal de investir em Timor
<http://www.tvi24.iol.pt/politica/educacao-nuno-crato-timor-leste/1320010-40
72.html> 

 

"Enviados mais de cem professores para a antiga colónia portuguesa.

O ministro da Educação, Nuno Crato, sublinhou que o investimento no sector
da educação em Timor-Leste no âmbito da cooperação bilateral está a
aumentar, apesar das dificuldades financeiras de Portugal.

O programa inicial de formação de professores, para a qual Portugal vai
enviar 173 professores portugueses e da responsabilidade do Ministério dos
Negócios Estrangeiros, está orçado em 10 milhões de dólares, seis dos quais
pagos pelo Estado timorense.

O projeto da Escolas de Referência, do Ministério da Educação e que inclui
50 professores portugueses, está orçada em 2,4 milhões dólares, 1,5 milhões
de dólares garantidos pelo Estado português.

(...)

O ministro da Educação de Portugal e o seu homólogo de Timor-Leste, João
Câncio, assinaram hoje um protocolo de cooperação que prevê o envio de
professores universitários portugueses para assessoria científico-pedagógica
na Universidade Nacional do país.

«O protocolo visa contribuir para a iniciativa de capacitação da
Universidade Nacional Timor Lorosae para o ensino da língua portuguesa»,
refere o documento a que a agência Lusa teve acesso. 

Fonte: TVI24
<http://www.tvi24.iol.pt/politica/educacao-nuno-crato-timor-leste/1320010-40
72.html> 

 


 
<http://3.bp.blogspot.com/-adZr7AaK3Ls/Tx_yCrpIiZI/AAAAAAAAAr0/sPlnWZhikMY/s
1600/DSC_5701.jpeg> 


(c) Margarida Az



--
Publicada por Moriae em UMA LULIK
<http://umalulik.blogspot.com/2012/01/portugal-continua-investir-em-timor.ht
ml>  a 1/25/2012 12:15:00 PM 


Sem comentários:

Enviar um comentário