terça-feira, 15 de janeiro de 2013

MALANJE ANGOLA

IN DIÁLOGOS LUSÓFONOS
ANGOLA

‘Kidendenha’ fica para a próxima

20 de August de 2012

Malange 25 ‘Kidendenha’ fica para a próxima
Bom, já não é novidade, para os leitores assíduos do nosso portal, que há quase meia década eu estou longe da minha terra natal, Malanje (província separada de Luanda por mais de 400 quilômetros). Até aqui tudo bem, e nada disso seria útil escrever não fosse a minha intenção de divulgar cada vez mais África, o que me levou a pensar que devia primeiro falar da minha casa e depois se espalhar pela vizinhança toda.
Pessoalmente me cansei de ver e ouvir a África contada pelos jornais e canais de televisão e decidi recorrer à internet para falar do continente de um jeito diferente. Foi assim que com ajuda da minha namorada que é brasileira, por sinal, criamos o programa Zwela África,
http://www.zwelaafrica.com/, que hoje conta com vários colaboradores entre africanos que continuam em seus respectivos países e outros que na diáspora participam com memórias daquilo que melhor representa a sabedoria do seu povo. O Programa que já foi emitido em uma rádio AM em São Paulo, Brasil, hoje é apresentado em streaming por uma Web Rádio angolana, disponibiliza a versões gravadas pelas redes sociais como o facebook e blog, e conta ainda com a contribuição de brasileiros e uma Chilena para junto ao restante da equipe cumprir com o objetivo assumido que consiste na divulgação da cultura, hábitos, costumes, turismo e tudo que, embora interessantes, hoje merecem menos atenção que os escombros deixados pela guerra e os ‘ossos vivos’ alimentados pelas bíblias dos missionários. Sim, meus caros, aqui fora o que chama atenção sobre África é isso!
Recentemente meu professor da academia, ficou decepcionado comigo porque eu nunca tinha visto ao filme ‘Diamante de Sangue’. Não vou esconder amigos, eu também fiquei decepcionado com a pergunta. Mas não fiz nada de mais porque mais decepcionado estava ele pela constatação. Como é que ele, que está neste lado mundo, viu ao filme várias vezes, e eu que, segundo pensamento dele, que participei do garimpo dos diamantes sujos ainda não tenha visto? Triste não é? Pois é! Poucos sabem que a província de Luanda (capital de Angola) não tem nada a ver com a República do Ruanda (onde a cidade de Kigali é a capital). Assim como poucos sabem que também se fala português entre alguns povos africanos!
E isso é tão bizarro que quando sentei para escrever desviei-me completamente da ideia de escrever sobre o Kidendenha, um peculiar vendedor ambulante que, ao comercializar dendê e vassouras feitas com folhas de palmeiras, montava em uma bicicleta e no seu grito de guerra fazia ecoar a mensagem segundo a qual ‘quem não tem vassoura não tem valor’ porque ‘Malanje é bonito’. Pois é, sobre ele talvez eu escreva em outro artigo.


lconsulte mais em
www.zwelaafrica.com/
www.zwelaafrica.com/2012/03/zwela-africa.html
www.facebook.com/pages/Programa-Zwela-Africa/309725875730301

Sem comentários:

Enviar um comentário